Manifesto

Sou pela tolerância e pelo amor, sempre.

1. Parto – Sou pelos partos naturais. Trabalho para que as mulheres confiem no seu corpo e decidam de forma plena e consciente. Informo com base em evidência científica. Se condeno induções desnecessárias ou cesarianas electivas? Cada mãe tem a sua história pessoal, o meu trabalho é informar e apoiar. A decisão final é sempre da grávida. Acredito profundamente que o parto é uma oportunidade única para a transformação da mulher. E sonho com esse poder para todas as mulheres.

2. Amamentação – Sou pela amamentação. Trabalho para que todas as mães que desejam amamentar tenham todo o apoio necessário para o fazerem de forma tranquila. Sei que amamentar é algo natural mas nem sempre vem com naturalidade. Nem todos os profissionais de saúde têm os seus conhecimentos actualizados. Toda a gente à volta da mãe tem uma opinião, nem sempre a mais acertada. O meu papel é cuidar das mães que, de acordo com o seu instinto, querem dar de mamar e acreditam que isso é o melhor para elas e para os seus bebés.

3. Cama partilhada (Co-sleeping) – Sou pelas noites bem dormidas. Seja na cama, no berço, sozinho ou acompanhado. Não compreendo o treino do sono nem deixar uma criança chorar. Sou pelo afecto na hora de dormir. Sigo as recomendações dos estudos científicos mais recentes (aqui e aqui) e preocupo-me com a segurança de pais e bebés que partilham a mesma cama. A UNICEF recomenda que mãe que amamenta durma com o filho, pois é algo que contribuirá para prolongar o período de amamentação. Cuido das famílias que sofrem com a privação de sono. Gosto de quebrar mitos e crenças e explicar que nenhuma criança se torna dependente por dormir com os seus pais. O importante é fazê-lo em segurança, com respeito pelas necessidades de todos. Cada família pode e deve encontrar a configuração que melhor funcione em sua casa, seja mãe com filho, pai com filho, mãe e pai com filho, ou mãe, pai e filho cada um na sua divisão. Cada família tem a sua dinâmica.

4. Colo – Sou pelo colo. Sempre. Colo não estraga, não existe mimo a mais. Sou pela biologia dos animais e a nossa pede muito contacto pele com pele. Sou pelos beijos e pelos abraços. Ocitocina é a minha hormona favorita. Sou fã das psicólogas que defendem o colo e o apego. Sou pelo amor. Sempre.

5. Babywearing – Adoro ver bebés bem juntinhos às mães e aos pais. Preocupo-me que o façam de uma forma ergonómica e confortável, que proteja tanto o bebé como o adulto. Nada contra os carrinhos de bebés. Simplesmente morro de amor quando vejo um bebé num pano bem colorido.

6. Creche ou casa – Somos pela felicidade das famílias. Há famílias que cuidam dos filhos em casa, outras que optam ou necessitam de os pôr numa creche. Sou pelas creches que acolhem e cuidam com afecto e respeito, sempre. Mães a tempo inteiro são todas as que cuidam dos seus filhos, não apenas as que estão em casa 24×7. Sou pelo respeito pelas famílias.

7. Castigos, palmadas e afins – Sou pela parentalidade consciente. Gosto de palavras como mindfulness. Não sou pela permissividade, todos temos limites que devemos comunicar perante abusos. Sou imperfeita e grito de vez em quando, tenho consciência da minha natureza humana. Peço desculpa, sou gentil para os meus filhos e para mim própria. Castigos, palmadas e humilhações verbais são formas de violência infantil. As crianças são como tu e eu.

8. Famílias – Sou pelo conceito de família que privilegia o amor. A família pode ser composta por uma mãe e um pai, apenas uma mãe ou um pai, por duas mães ou por dois pais. Não existem mães ou pais solteiros, existem “mães” e “pais”. Sou pelo amor e pelo respeito. Não estou preocupados com a sexualidade dos casais, sou pela harmonia na família.

A minha Missão é criar momentos onde as mães se sintam acolhidas, onde se divulgue informação fidedigna para a tomada de decisão consciente, onde se incentive uma parentalidade mais afetuosa. Por um mundo com mais amor e tolerância, com mulheres – que também são mães – mais empoderadas, mais conscientes e mais felizes.

assinatura blogue cristina cardigo

Partilha o que te vai na alma...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s