40 semanas – Ordem de despejo

Tic tac tic tac tic tac O relógio bate e o prazo de validade terminou. Chegou a hora. O bebé está no quentinho e não quer largar a mãe. Ora, não pode ser, está gordinho e tem de sair. Ou está magrinho e tem tempo para crescer cá fora. Tic tac tic tac tic tac … Continue a ler 40 semanas – Ordem de despejo

E se fossem rainhas?

Ouro, incenso e mirra. É como reza a lenda. E se fosse hoje? E se fossem rainhas, o que levariam aos pais de um bebé recém-nascido? ✦ Pano para carregar o bebé Absolutamente essencial. Para dar conforto ao bebé, que continua a sentir o embalo, o calor e o bater do coração. Para libertar os … Continue a ler E se fossem rainhas?

40 semanas (e agora?)

Assim estava eu há 1 ano. Grande, ENORME.  Todos me diziam isto. Que matulona que ia ser! Até o obstetra olhava para a barriga e comentava que, a olho nú, era mais que um percentil 90. E eu, que já me arrastava, ia contando os dias. O Gui tinha chegado às 38 semanas, com uma bolsa … Continue a ler 40 semanas (e agora?)

Sobre a empatia

Querida pessoa, sou doula e às vezes sou má. Transformo o mal dos outros no meu mal e sou má para mim própria. Sinto as suas dores, as suas feridas, como se fossem as minhas dores, as minhas feridas. Choro muitas vezes. De raiva, frustração e dor. A minha dor, como espelho da dor do … Continue a ler Sobre a empatia

Sobre a (falta de) empatia

O meu nome é Cláudia. Estou grávida de 14 semanas e 2 dias e desde a ecografia das 12 semanas que se levantaram suspeitas sobre uma malformação grave do meu bebé, ou como foi designado pelos profissionais de saúde, uma "anomalia fetal". Na semana passada fui encaminhada pela minha obstetra (estou a ser seguida num … Continue a ler Sobre a (falta de) empatia

A 15 de Julho, (re)Nasci

Concebida com muita luz e amor. Carregada no ventre com orgulho e vontade de ser conhecida. Desejada, amada, querida, acompanhada. Assim fui eu. O receio da incerteza, o vazio. A dor e a cegueira do abandono. Um abandono que não é meu, não é do ventre que me carrega. Uma dor forte e tão profunda … Continue a ler A 15 de Julho, (re)Nasci

Sobre os partos naturais, os nascimentos Bio e o empoderamento da mulher

Não querer amamentar ou não querer parir naturalmente. Escrever sobre isto de forma crítica, assertiva, agressiva quiçá. De vez em quando aparecem opiniões contrárias às minhas, quem diria. Em tempos enervei-me, queria responder de uma assentada, sentia-me a corroer por dentro. Injustiça, era o que sentia. Hoje voltei a ler um desses textos, bem na … Continue a ler Sobre os partos naturais, os nascimentos Bio e o empoderamento da mulher

Márcia, a minha doula

Olhos curiosos e um sorriso gentil. Foi sempre assim que te vi. Há um ano, quis a vida que nos cruzássemos de novo. Uma conversa informal sobre uma obstetra que conhecias, um convite para fazer yoga contigo, momentos de ternura e de partilha no curso da parteira Naoli. E eu, que até já tinha uma … Continue a ler Márcia, a minha doula

Congresso Nacional do Bebé

Escusado será dizer que estava em pulgas para este dia! Confesso que sou um bocadinho groupie da Constança Cordeiro Ferreira. Estar na mesma sala que ela já me põe os batimentos um bocadito acelerados, imaginem num congresso organizado pelo Centro do Bebé, com oradores de luxo! O congresso começava cedo e sair de casa não … Continue a ler Congresso Nacional do Bebé

Relato de parto da Bia

12 de Outubro, nasci há 35 anos, tu há 2 meses. Tínhamos chegado às 40 semanas. Uma gravidez santa, fruto de uma conceção espontânea. Uma barriga enorme, com bastante líquido para uma bebé que se adivinhava grande. E uma vontade forte de parir de forma natural. O Gui tinha nascido às 38 semanas. Agora os … Continue a ler Relato de parto da Bia