Sobre totós

Totós é para meninas!

– Olhe que não, pai! Hoje em dia já não é assim! dizia uma auxiliar

– Não, homens não usam totós! Se usarem, fica sempre a dúvida!

– Aqui na escola, totós continuam a ser só para as meninas! dizia uma educadora

– Mas oh pai, então e os jogadores de futebol? continuou a auxiliar

– Ah, os jogadores de futebol é diferente!

 

Esta foi uma conversa que assisti hoje de manhã, na escola onde está o meu filho. Em pleno século XXI, num país que se crê desenvolvido.

Então vamos lá, comecemos pelo básico.

O que define o sexo biológico de alguém está relacionado com as características físicas, tais como: genitais, formato do corpo, tom de voz, pêlos, hormonas, cromossomas, etc. Não está relacionado com o comprimento do cabelo. Tem a ver com o nosso corpo físico, em termos de orgãos, hormonas e cromossomas. Por exemplo, é possível nascer com algo externo semelhante a um pénis mas internamente ter orgãos femininos: são intersexo. É muito importante aguardar pela expressão de género da pessoa, embora haja pais que decidam operar logo à nascença, tomando uma decisão que poderá não ser a mais adequada.

O que define a expressão de género de alguém, está relacionado com a forma como se apresenta o género, seja pelo comportamento, vestuário, e a forma como essa forma é interpretada com base nas normas de género. Não está necessariamente relacionado com o comprimento do cabelo. É como tu demonstras aquilo que és, de forma intencional ou não. 

O que define a identidade de género é a forma como uma pessoa se alinha (ou não) com aquilo que se entende que está relacionado com um determinado género.  Não está necessariamente relacionado com o comprimento do cabelo. É sobre quem tu pensas que és.

Genderbread Person: Gender Identity Explanation Graphic

Além de tudo isto, uma pessoa pode sentir atração sexual por: ninguém, mulheres/feminilidade, homens/masculinidade. Passa-se o mesmo em termos de atração romântica. E isto, claramente, nada tem a ver com o comprimento do cabelo. Olhem eu… Acho extremamente sensual um homem de cabelo comprido, sobretudo com um totó. Mas também acho sensuais os homens de cabelo muito curto. Assim como também acho sensuais mulheres de cabelo comprido mas sobretudo de cabelo curto. Sou tendencialmente heterossexual, pontualmente homossexual. Sou uma apaixonada por pessoas.

Estes conceitos estão interrelacionados mas não interligados. O que quer isto dizer? Que são conceitos independentes que não se determinam mutuamente. Estamos formatos para ver o mundo a duas cores: azul e rosa. Mas, cada vez mais, torna-se claro que o género não é binario mas sim um contínuo. Não é “isto ou aquilo”, mas “ambos e também”. Cada pessoa, dentro da sua individualidade, posiciona-se algures nesse contínuo.

Super complexo, hun? Na dúvida: respeito e tolerância. Amor, sempre. 

Mais sobre o genderbread aqui.

 

Partilha o que te vai na alma...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s