Socorro, estou a ficar sem leite!

O que posso tomar para aumentar a produção de leite?

Esta é uma das questões que tira o sono a muitas mães que amamentam os seus bebés. É muito comum encontrar perguntas nos fóruns e grupos de facebook sobre o que fazer (ou o que tomar) para aumentar a quantidade de leite. Muitas mães decidem procurar a ajuda especializada de uma conselheira em aleitamento materno para resolver este pequeno (grande!) problema.

Calma, mamã… confia no teu corpo!

Depois de uma avaliação em que são feitas várias perguntas sobre o parto e sobre como está a decorrer a amamentação e a vida com o bebé, este é o primeiro conselho que dou às recém-mães.

Muitas mães acham que devem deixar encher as mamas de maneira a que haja mais leite disponível. Nada mais errado! Costumo dizer que devemos olhar para a mama como uma fábrica e não como um armazém. Então, o importante é colocar o bebé a mamar sempre que ele pede. Esquecer os relógios e as rotinas e ser, simplesmente, mãe. Sempre que o bebé mama, o nosso corpo recebe sinais de que é necessário produzir mais leite. Se deixarmos passar muito tempo ou, pior, se alternarmos mamadas com biberões de leite artificial, então o corpo pensa que não é necessário produzir tanto leite. Resultado: a produção de leite diminui! O melhor truque para aumentar a quantidade de leite é, portanto, amamentar com frequência, sempre que o bebé pede!

Mas eu dou-lhe leite, sempre que ele chora eu dou!

O choro é já um sinal de desespero, em que o bebé está com bastante fome. Devemos estar atentas a outros sinais, como abrir a boca, levar as mãos à boca, procurar a mama (virar a cara e querer mamar em tudo o que vê), agitação. Os bebés também choram por outros motivos, como necessidade de colo e carinho, frio/calor, fralda suja, distúrbios da barriguinha, cansaço. Na dúvida, confortar sempre o bebé e oferecer a mama.

Mas uso a bomba e não sai nada, tenho a certeza que o meu leite está a desaparecer!

Nenhuma bomba é tão eficaz como um bebé a mamar. É muito comum as mães não se entenderem com as bombas de extracção de leite. Muitas vezes procuram retirar leite apenas para controlar a quantidade que o bebé ingere, pois a “mama não é transparente”. Se estiverem nervosas, ansiosas e preocupada em ver o seu leite sair, então é garantido que não vão conseguir gota de leite! A saída de leite da mama é provocada pela libertação de hormonas que estão relacionadas com o amor. Se a mãe está ansiosa, isso vai bloquear todo o processo hormonal que possibilita que o leite flua. Então, se for mesmo necessário usar a bomba (por exemplo, se a mãe se vai ausentar e é outra pessoa que vai dar o leite), recomendo que a mãe esteja num ambiente calmo, a média luz, com o seu bebé perto de si (ou até a mamar na outra mama). Se não for possível, um bom truque é olhar para as fotos do bebé, sentir o cheiro da sua roupa, qualquer coisa que a faça transportar para o mundo do seu filho. Uma massagem nas costas dada pelo parceiro ao mesmo tempo que usa a bomba também faz milagres. De qualquer forma, não é boa ideia usar a bomba para perceber se ainda se tem leite ou que quantidade tem. Conheço mães que amamentaram mais de 2 anos e nunca conseguiram tirar leite com bomba!

Mas ele puxa a mama, refila, chora! Estou mesmo a ficar sem leite!

É um facto, o seu bebé está frustrado. Ele quer mais leite e não tem tanto disponível naquele momento. Mas o que significa o seu comportamento? Desde que o bebé nasce passa por vários picos de crescimento e precisa de um aporte de leite adicional. Então, é normal que procure mais a mama, que exija mais leite do que aquele que tem disponível. O que fazer? Dar ainda mais mama, sempre que ele precise. Isto vai ocorrer durante uns 2 ou 3 dias até a produção voltar a estabilizar. A mensagem que o bebé quer transmitir ao corpo da mãe é “quero mais leite, por isso é que estou a mamar mais!”. Quanto mais o bebé estiver na mama, mais rapidamente a produção irá normalizar. Ofereça uma mama, ponha a arrotar, volte a oferecer a mesma mama. Se ele recusar, ofereça a segunda e faça o mesmo quando ele terminar. Se necessário, pode até voltar à primeira mama, até que ele fique satisfeito.  Se ele refilar muito consigo, responda com carinho. Quando a mãe está tensa, o bebé sente a tensão, bem como há mais dificuldade em que o leite flua. Namorar muito com o bebé, estarem os dois apenas pele com pele (e um cobertor por cima, se sentirem frio), faz milagres.

Mas não passou nem meia hora e ele quer mamar de novo!

O estômago dos bebés é muito pequeno e o leite materno é de digestão fácil, daí que seja normal que queiram mamar com intervalos mais curtos, sobretudo em momentos de picos de crescimento.  Se passou meia hora desde a última mamada, ofereça de novo, sem qualquer problema. O bebé ficará mais calmo, a mãe também ficará mais tranquila. E é meio caminho andado para uma boa evolução do peso.

E não há nada que eu possa tomar?

Há várias respostas possíveis para esta questão, dependendo das culturas e do local geográfico onde a mãe esteja. Há quem fale na cevada (e na cerveja preta), na pele do bacalhau, entre tantas outras coisas. O ideal é a mãe ter uma alimentação equilibrada, mas não existe nenhum produto milagroso. Há quem aconselhe o chá de funcho e até se encontra nas farmácias e ervanárias como sendo adequado à amamentação. Mas atenção! O funcho é neurotóxico, risco 2 de acordo com o e-lactancia.org, pelo que é desaconselhado! Beber água é sempre bom, mas as mães que amamentam devem atender à sede que sentem.

Então e o Promil?

O Promil é um preparado de cardo mariano que tem um feito placebo: funciona com algumas mães porque estas se sentem mais calmas e confiantes. Mas, na verdade, não há nenhum estudo que comprove a eficácia deste produto. De notar também que é um produto vendido por um grupo empresarial que comercializa leite artificial.

O fundamental é informar as mães. Uma mãe informada é uma mãe mais confiante e com mais poder. E uma mãe mais confiante é, também, uma mãe mais tranquila e mais feliz.

assinatura blogue cristina cardigo

One thought on “Socorro, estou a ficar sem leite!

Partilha o que te vai na alma...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s