Os bebés também querem dormir?

“Olá, eu sou a Cristina, o meu filho tem 2 anos e meio e acorda várias durante a noite desde que nasceu.” Esta poderia ser a minha apresentação se estivesse a participar num grupo de terapia para pais que não sabem o que é dormir todas as horas seguidas que necessitam.

Antes de engravidar, vi uma reportagem sobre massagem do bebé com óleos relaxantes e pensei que sabia tudo sobre como acalmar um bebé choroso. Não tinha experiência com bebés. De vez em quando estava com um bebé da família que adormecia sozinho, embalado no carrinho, enquanto esfregava a própria sobrancelha. Não devia ser complicado adormecer um bebé. Este era o meu bebé esperado.

Ainda assim, durante a gravidez, decidi munir-me de vários livros que me ensinassem a cuidar do meu bebé. Eu era a Cristina racional, que não acreditava no instinto e achava que toda a sabedoria estava escrita no papel. Comprei todos os livros de um conhecido pediatra português, cujo nome não irei citar, por favor não insistam, nunca irei dizer que começa com M e acaba em …eiro. Um dos livros que mais me marcou foi o do sono.

E então, o meu filho nasceu. E ele chorava. Chorava muito. Chorava sempre que o deitávamos na alcofa (comprada à pressa quando percebi que estava para chegar, às 38 semanas, e ainda não tinha onde dormir!), chorava ao nosso colo, chorava, chorava, chorava. E chorava eu também. Durante dias e noites, ele ia rodando o colo da mãe, do pai e da avó materna, para fazer as suas sestas. Este era o bebé real.

O tempo ia passando e achávamos que o deviamos habituar a dormir na sua alcofa. Lemos o tal livro de fio a pavio, sei lá eu quantas vezes… Que o devíamos deitar, dar umas palmadinhas, ficar sentados junto a ele mas evitar o máximo possível o contacto físico, sobretudo a meio da noite. Ah, e que seria bom colocar umas fotos do pai e da mãe para que, quando acordasse, se sentisse acompanhado. Poderíamos, ainda, colocar uns peluches e apresentá-los ao bebé, dizendo “está aqui o Sr. Peluche que te vai confortar quando acordares”. É tão óbvio e tão fácil, porque é que não resulta connosco?

O sentimento de culpa e de estar a falhar arrastava-se… ele só dorme a mamar, estou a ser uma péssima mãe, sou uma fraca porque não consigo habituá-lo como deve ser, pensava eu.

Algumas semanas mais tarde, fui assistir a um workshop sobre uma especialista sobre o sono. Era no centro de saúde, promovido por uma enfermeira ferrenha da amamentação e do parto natural, devia ser bom. Esta especialista (que lançou um livro recentemente onde chega mesmo a dizer que, se o filho for manhoso e vomitar por nervos, devemos lá deixá-lo) aconselhou-me a deixar o meu filho chorar e dar-lhe umas palmadinhas amorosas, até que ele se habituasse a adormecer sozinho. Regressei a casa, tentei fazê-lo. Foram 2 longos minutos, numa batalha interna… eu sabia que bastava pegar nele e pô-lo a mamar para o acalmar. Assim o fiz. Mas sempre com o peso da culpa nos ombros.

Durante 2 anos, o meu filho adormecia a mamar. Até que chegou um dia que decidiu deixar de o fazer, por ele próprio. Disse-me que não queria mais e passou a mamar apenas de manhã, ao acordar. Durante muitos meses, ele acordava vezes sem fim durante a noite e só adormecia a mamar. Ao longo deste tempo, descobri a importância do colo e do afecto e descobri também o co-sleeping. O meu instinto sempre falou mais alto e ainda bem. Definitivamente, tinha andado a ler os livros errados e a falar com as pessoas erradas!

Foi por isso que rejubilei de alegria quando li do livro da Constança Ferreira! A primeira vez que ouvi falar nela foi por causa deste post (retirado do Sapo Lifestyle por me ter tocado tanto), que foi quando conheci o seu trabalho no Centro do Bebé. A Constança explica no seu livro, muito sabiamente, que os bebés também querem dormir.

constança ferreira livro bebés dormir

Sobre o Livro

O QUE NOS DIZ O CHORO DO BEBÉ?
PORQUE É QUE ALGUNS BEBÉS SÃO TÃO DIFÍCEIS DE ACALMAR?
COMO PODEMOS DESCANSAR TODOS MELHOR?

A vida com um bebé ao colo não tem de ser feita de lutas para dormir, cólicas, choro permanente, inseguranças e medos. Há estratégias que fazem a diferença e técnicas para os momentos SOS, para que os pais e o bebé se entendam na perfeição, criando uma ligação única.

Considerada a “Fada dos bebés”, Constança Cordeiro Ferreira mostra, neste livro, como cada bebé tem, dentro de si, um verdadeiro manual de instruções e ajuda-nos a compreender os sinais. Conhecer a perspetiva do bebé é fundamental para o compreender. É um mapa para a ocitocina, essa hormona milagrosa que vai transformar as dificuldades em recordações felizes. É uma ajuda para que cada mãe, cada pai, possa descobrir e libertar o seu instinto, ligando-se profundamente ao seu bebé. É a mais antiga história de amor do mundo.

~~~~~~~~

Querem uma boa notícia? Em parceria com a Editora Matéria-Prima, vamos ter 2 exemplares do livro para oferecer! Estejam atentos à nossa página de Facebook! 

PASSATEMPO ENCERRADO.

~~~~~~~~

assinatura blogue cristina cardigo

5 thoughts on “Os bebés também querem dormir?

  1. Sofia diz:

    Olá Cristina! Gostei muito de ler o seu testemunho! É impressionante a quantidade de livros e de artigos escritos por quem supostamente é especialista na matéria, que, em vez de ajudarem as mães, são autênticos obstáculos a que consigam escutar a sua voz interior… Felizmente parece-me que está a acontecer um despertar para uma parentalidade com mais apego e menor sofrimento por parte dos bebés (embora grande parte das minhas amigas mães ainda acredite que os bebés têm manhas às quais não podemos ceder!). Não tenho o livro da Constança, mas, depois de ver uma entrevista que deu, fiquei com muita vontade de o ler. Pode ser que o ganhe! ;) Vou estar atenta no Facebook…

    Sofia
    http://caemcasasomostres.blogspot.pt/

    Gostar

Partilha o que te vai na alma...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s