Olha mãe, uma pulseira!

Episódio passado com filho de 2 anos e meio que raramente põe substâncias desconhecidas na boca. Até a comida é muito bem inspecionada antes de qualquer dentada!

Filho está na sala a brincar, chama os pais para o verem com óculos escuros, enquanto mastiga qualquer coisa. Mãe pensa que o pai lhe deu um alperce seco como sobremesa e não liga. Passado um pouco, filho começa a chorar e a queixar-se da boca, a querer puxar e a cuspir.

Mãe pergunta o que filho comeu, sem obter resposta. Mãe resolve perguntar a cor.

“Amalhelho!”

Mãe olha à volta e vê todos os lápis de cor excepto o amarelo.

– Filho, comeste o lápis amarelo?

– Xim! diz o filho enquanto chora compulsivamente.

– *pânico* *pânico* *pânico*

Mãe vai a correr para as urgências do hospital, depois de ter tocado num tendão do pescoço que, jura a pés juntos, parecia mesmo um lápis.

Filho está calmo. Mãe está quase a colapsar.

2 horas e um raio-x depois, pai volta a casa para ir buscar fraldas por causa do clister que iam dar ao filho. Pai encontra lápis amarelo perdido no chão da sala.

Filho continua a dizer que comeu um lápis amarelo.

Mãe consegue sobreviver para contar a história.

Partilha o que te vai na alma...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s